FOTOGRAFIA É A ARTE DE REGISTRAR A VIDA ENQUANTO ELA ACONTECE

A vida acontece o tempo todo e se traduz nos milagres do caminho e do caminhar. É assim que o fotografo Sanchez, ao longo dos últimos 30 anos, busca desvendar o verdadeiro sentido da vida: o de descobrir, e compartilhar, o significado dos milagres que nos rodeiam, em todos os momentos e em todos os lugares.

Viver, portanto, é aprender a desfrutar a maravilhosa paisagem que faz do percurso algo bem maior do que o destino.

A Arte é a projeção do artista no Universo, mas, ainda assim, só pode ser considerada arte pela apropriação do outro, que nela se vê, se sente e nela se projeta com seus próprios valores e sentimentos. Viver é, portanto, sentir o universo e compartilhar valores. É isso que Sanchez busca provocar com seu intenso e extenso trabalho, que podemos chamar de poesias concretas.

SOBRE SANCHEZ

Nos mais de 30 anos de trabalho, seus registros retratam uma Natureza diversificada com incontáveis peculiaridades. São retratos impregnados de significados e plasticidade, que resultam de sua forma de entender e dialogar com a natureza, traduzindo assim, a riqueza de nossa passagem pelo Planeta. Não por acaso, sua arte fotográfica, é associada ao que há de mais belo no universo da fotografia de natureza, onde Rios, Lagos, Pedras, Montanhas, Árvores e demais elementos, representam um mosaico diversificado e multifacetado da vida em todas as suas nuances.

Nascido em Sevilha, Espanha, entre as montanhas e às margens do Rio Guadalquivir: desde cedo estabeleceu uma conexão inseparável com os elementos da natureza, principalmente, com as Águas, as matas e a Terra, que são marcantes no seu trabalho.

Muito cedo, aos 5 anos, veio para o Brasil, país pelo qual se apaixonou, seja pela natureza, seja pela cultura plural, um mosaico de incontáveis outras culturas do mundo que ajudaram a estabelecer, no Brasil, um perfil cultural de grande riqueza. Esse fator, foi determinante para estabelecer o caminho a percorrer e dessa forma, construir um acervo dos mais expressivos que conquistou muitos admiradores ao redor do mundo.

As artes foram uma paixão precoce, desde os 9 anos, quando começou a desenhar, pintar (o que fez dos 9 aos 25 anos) e a escrever (outra paixão que nunca abandonou). Mas foi, à partir dos 15 anos, que adquiriu sua primeira máquina fotográfica, uma Olympus Trip 35 (que logo seria acompanhada de uma Olympus OM1) e se encantou pela arte de contar histórias através de imagens (outra forma de escrever) e assim, nunca mais parou de fotografar mesmo que uma bem sucedida carreira no mercado financeiro tenha retardado seu posicionamento como fotografo profissional.

UM MUNDO CONECTADO E AS REDES SOCIAIS

Foi à partir de 1994 que Sanchez resolveu dar uma importante guinada em sua vida, passando pela Internet (ande ajudou a fundar os seus pilares no Brasil, com a criação dos Portais Zeek e Imais, além das Redes Sociais, conceito que ajudou a construir e propagar), outra paixão e um divisor de águas que representou o estímulo que precisava para exercer, profissionalmente, seu amor pela fotografia autoral e pela escrita.

Sanchez pode ser classificado como um fotógrafo de natureza, no entanto, da natureza que está presente em tudo que possui significado e toca as pessoas que, de alguma forma se apropriam do seu trabalho para se emocionar e recontar sua própria história. Esse é, ao seu ver, o sentido da arte: tocar as pessoas e oferecer obras que sejam significativas para elas.

CORREÇÃO DE RUMOS EM BUSCA DA REAL VOCAÇÃO

Há cerca de 15 anos, quando começou a divulgar seu trabalho pelas redes sociais (onde possui muitos admiradores) viu seu trabalho crescer e ser reconhecido no Brasil e no Exterior. Dessa forma, o caminho Natural foi chegar à casa das pessoas através de projetos de Design de interiores pelo reconhecimento, principalmente, dos profissionais de decoração (Arquitetos, Designers e decoradores). A primeira loja reconhecer e comercializar seu trabalho foi a Artefacto, uma referência importante no mercado Brasileiro.

Dessa forma, um caminho inicial, foi posicionar o seu trabalhado junto às principais Lojas de Decoração e Interiores do Brasil. Com base nesse posicionamento, teve acesso a milhares de profissionais especificadores que passaram a levar sua arte fotográfica para incontáveis projetos e para as principais mostras de decoração do Brasil, como CasaCor (praticamente todas), Mostra Black, Mostra Artefacto e outras.

Sanchez jmc, “o poeta das lentes” apelido carinhoso de seus seguidores, cada vez mais apaixonado pela natureza (da natureza de todas as coisas) aprende e exercita, a cada dia, a arte de compartilhar seu amor pela vida e principalmente, pelos caminhos que a vida nos conduz e que dão sentido ao viver.